52 semanas: fico impaciente com pessoas…

Esse post faz parte do desafio 52 semanas. Para entender melhor do que se trata, clique aqui.


Sou impaciente demais, gente. Só de escrever essa listinha já fiquei nervosa.

Fico impaciente com pessoas…

…espaçosas.

Sabe aquela pessoa que abaixa o poltrona do ônibus até o máximo e passa a viagem toda praticamente no seu colo? Ou aquela outra que já chega ocupando duas carteiras na sala de aula? Ou ainda aquele cara que senta com as pernas arreganhadas como se fosse fazer um exame ginecológico? Não. sei. lidar.

…lerdas.

Sou ansiosa demais para ter paciência com gente que anda devagar, fala devagar ou enrola para fazer qualquer coisa. Se a lentidão é falta de organização – tipo aquele ser humano na sua frente no caixa que leva séculos para achar o cartão de crédito na bolsa – me irrita o dobro.

…que não sabem interpretar texto.

Você escreve x e as pessoas entendem y. Pior ainda: você escreve x, as pessoas entendem y e ainda te esculacham porque elas não sabem interpretar texto. Arrrghhh.

…inteligentes que fazem burrice.

Eu sou ligeiramente impaciente com gente “burra” (muitas aspas aqui, por favor), confesso, mas o que realmente que tira do sério é gente inteligente fazendo burrice, geralmente por pura preguiça de pensar.

…bagunceiras.

Gente, qual a necessidade disso?

Mr. Bean me compreende, apesar de ser mais maldoso.

E vocês, também são impacientes ou as pessoas têm que se esforçar para tira-los do sério? Que tipo de gente os deixam impacientes?

Anúncios

3 comentários sobre “52 semanas: fico impaciente com pessoas…

  1. Dani, sou bem impaciente também com gente sonsa, que se faz de idiota (sei lá, às vezes quase me convencem que realmente o são).
    Esse negócio de interpretar texto de forma equivocada é algo bem sério também.
    Se bem que o que mais me causa irritação são meus contatos no Facebook que vivem colocando aquelas frases prontas que parecem dar lição de moral em qualquer um que seja. Um dia ainda me farão fazer uma limpa na lista de 'amigos'.
    Agora, esta cena do Mr. Been não me irrita, especialmente quando se tratam de velhinhos ou pessoas com alguma limitação. Claro que aí é um caso extremado e ele é assim mesmo, mas já acho que na vida real me incomodo mais com quem dá uma indireta para um velhinho na rua do que com o próprio velhinho. (Mesmo achando que nem todo velhinho seja santo)

  2. E aquelas pessoas na faculdade que sentam nos degraus, um do lado do outro, e ainda acham ruim quando a gente quer passar (detalhe: gente – bem – adulta já). Mr. Bean tá interpretando a Helen de todos os dias hahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s