Não quero flores

Hoje, especialmente hoje, eu não quero flores. Não quero presentes, nem parabéns, afinal, não é o meu aniversário. Não quero descontos, não quero regalias, não quero nenhum tipo de “privilégio” por ser mulher, principalmente hoje. Só quero igualdade. Quero respeito. Quero poder vestir o que quiser sem ser julgada e assediada. Quero poder andar na rua sem medo. Quero ter autonomia sobre meu próprio corpo. Quero ser dona da minha sexualidade. Quero ser dona do meu próprio nariz. Quero ter direito à escolha e não ser condenada por ela. Quero ganhar o mesmo salário que os homens que ocuparem o mesmo cargo que eu. Quero ser avaliada por meu caráter e competência, não pela minha aparência. Quero o fim do mito da mulher multitarefa. Quero que casais homoafetivos possam se casar legalmente como eu. Quero que compreendam que o que define uma família não é nada além do amor. Quero que um beijo gay seja apenas um beijo.  Quero que moças lésbicas possam se relacionar normalmente, sem ter seu relacionamento fetichizado. Quero que pessoas trans tenham seus direitos assegurados, a começar por serem tratados pelos nome e pronome que quiserem. Quero o fim das noções racistas que fazem com que mulheres negras sofram ainda mais violência e opressão do que mulheres brancas. Quero que entendam que uma mulher pode e deve ser plena por si mesma, que casamento e filhos devem ser escolhas, não obrigações. Quero ter apoio caso escolha a maternidade, mas também quero compreensão se não a escolher. Quero ter direito ao aborto seguro para não morrer numa clínica clandestina ou ser condenada a gravidez e maternidade compulsórias. Quero ver mais mulheres em cargos de liderança. Quero ver mulheres de verdade na TV e no cinema, em frente e atrás das câmeras. Quero ver mulheres de verdade nas capas das revistas. Quero menos Photoshop e mais diversidade. Não quero uma moda separada para as gordas, quero a inclusão de todas, quero roupas que respeitem nossos diferentes tamanhos e formas. Quero que percamos o medo da palavra “gordo”, afinal deveria ser apenas um adjetivo. Quero o fim deste padrão de beleza inatingível e pedófilo. Quero mais tolerância. Quero que respeitem minha religião ou a falta dela. Não quero ser incentivada a rivalizar com outras mulheres, quero que tenhamos mais sororidade e caminhemos juntas. Não quero brinquedos de menina e de menino, quero que as meninas também sejam incentivadas a serem quem elas quiserem. Quero mais mulheres cientistas e engenheiras. Quero o fim da violência contra a mulher e da cultura do estupro. Nesse Dia Internacional da Mulher e em todos os outros dias do ano, eu só quero o que deveria ser meu e de todas as outras mulheres por direito: respeito.

Anúncios

5 comentários sobre “Não quero flores

  1. “Quero mais mulheres cientistas e engenheiras.”
    Participei de um projeto na Universidade sobre Mulher e Ciência, onde tivemos que entrevistar algumas das mais famosas mulheres bem sucedidas em suas devidas áreas aqui de Recife, TODAS pediram mais igualdade nos espaços de poder.
    A maioria teve que parar os estudos (graduação, mestrado ou doutorado) para cuidar dos filhos enquanto seus respectivos maridos não precisaram fazer o mesmo.
    E com isso vimos claramente o quanto a figura feminina está em segundo plano né, seja no campo acadêmico, empresas e até instituições religiosas…
    Enfim, Dani, parabéns pelo belíssimo texto.

    Há quanto tempo eu não vinha por aqui rapaz…
    Acompanho seu blog a bastante tempo viu, mas devido a troca de computador acabei perdendo alguns links, inclusive o do Sem Formol.
    Mas, graças ao Rotaroots vi seu banner no meu blog *0*
    Ah, e coloquei o link do Sem Formol no meu Blogroll hahaha
    Voltarei a visitar mais vezes, bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s