52 semanas: fico de mau humor quando…

Esse post faz parte do desafio 52 semanas. Para entender melhor do que se trata, clique aqui.


Devo dizer que as últimas semanas não foram nada boas, salvo alguns momentos bons bastante pontuais. Digamos que mau humor foi o sentimento predominante. Então, que ele sirva, pelo menos, para inspirar mais essa lista do 52 semanas.

Quem melhor para ilustrar um post sobre mau humor no meu blog?
Quem melhor para ilustrar um post sobre mau humor no meu blog?

Fico de mau humor quando…

…fico doente.

Queda de pressão, dor nas articulações, fraqueza, cansaço, coriza, crise alérgica, cólica… Isso é só um pouquinho do que andou acontecndo comigo ultimamente e, por mais que eu me previna (ou tente), todo começo de outono é assim. (Ou seja: todo começo de outono é mau humor na certa!)

…durmo mal.

Especialmente quando durmo demais. Dormir pouco raramente é um problema para mim, mas passar mais de sete horas na cama é um horror: sempre acordo péssima, como se tivesse sido atropelada por um caminhão, e com um mau humor do cão.

…tenho que usar o telefone.

Já disse aqui e repito: odeio telefone e esse post da Anna me representa totalmente. Só de saber que terei que fazer uma ligação, já fico mal humorada por antecipação. Se for para reclamar de ou cancelar algum serviço, então, acaba com o meu dia.

…mexem nas minhas coisas sem minha autorização.

Eu até não ligo (muito) se for alguém com quem eu tenho bastante intimidade (mãe, pai, namorado, melhores amigas) desde que não use/empreste nada sem pedir. Minha mãe, por exemplo, é rainha em pegar minhas coisas “emprestado” e nunca mais devolver ou devolver destruído. Mãe, querida, eu te amo, mas, olha, nessas horas fica difícil.

…me deparo com gente assim. Sem mais.


O que acaba com o humor de vocês? Não deixem de comentar e curtir esse post, se vocês gostaram, é claro, para me ajudar a divulgar o blog.

Anúncios

4 comentários sobre “52 semanas: fico de mau humor quando…

  1. Sono em excesso, para mim, nos últimos tempos, significam que dormi mal. Já sei que é a hora de mudar o colchão.
    Alie a isso acordar já resfriadinha. É o fim, garantia de péssimo humor para o resto da manhã, no meu caso.
    Tu, que é uma moça organizada, imagino como fica quando alguem futuca seus pertences sem autorização, hahahahaha.
    Beijo, Dani.

  2. Odeio telefone também hahaha. Até whatsapp, pra me comunicar com o pessoal da faculdade, eles fazem gravação e eu (das mais novas do grupo) fico ali na escrita mesmo :p
    Sobre dormir demais: tamo juntas! Fico bem se durmo relativamente pouco, e não cochilo de tarde. Agora se eu paro pra dormir, é de quando chego da faculdade na hora do almoço até a hora da janta =\ acordo com sono como se tivesse doente, e quando nas férias acordo meio dia é com uma dor de cabeça dos infernos que parece que bateram em mim. Sem falar que quando sonho demais parece que fiquei ativa a noite toda, acordo mais cansada do que na hora que fui dormir D:

  3. Gente! Eu também odeio telefone. Quando estou sozinha em casa e for muito urgente a pessoa tem que ligar no meu celular, pq dificilmente eu atendo telefone. kkkk. Mexer nas minhas coisas sem autorização é pedir pra me ver estressada também!

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s