Resumão: mas já?!

Nem vi abril chegar ao fim. Foi um mês cheio, mas, ao mesmo tempo, bem menos produtivo do que eu esperava, em vários aspectos.

Na faculdade, a loucura de sempre. Estudei direitinho e não perdi nenhum prazo, mas cheguei a estudar de madrugada – coisa que odeio e só faço em último caso – e progredi muito pouco no trabalho mais importante do ano: o TCC. Por outro lado, subi um nível na escala de adultice fazendo meu primeiríssimo currículo. Já estava na hora!

Esse mês, assisti muito filme repetido para matar a saudade: Meninas Malvadas, cujo aniversário de dez anos foi esses dias; De Repente 30, também completando uma década de existência esse ano; Irmão Urso, para apresentar para o Lu; e Harry Potter 2, 3 e 4, por motivos aleatórios. Também assisti alguns episódios repetidos de Friends (como sempre), The Big Bang Theory, Two And a Half Men (da época do Charlie) e House. De novo, acho que só os capítulos da novela e o novo programa do Adnet.

Quanto às leituras, li um pouco mais que em março. Terminei Três Viúvas, da Liliane Prata. Gostei muito e fiquei querendo ler mais coisa dela. Agora, encaro aquele vazio que fica quando nos despedimos de um personagem querido. Também li as revistas Vida Simples de março (atrasada) e abril e uma porção de artigos bacanas na Internet. Alguns links legais foram compartilhados no meu Facebook.

O frio parece ter chegado para ficar e já começa a me incomodar. Estou tentando ter uma atitude positiva e pensar nas coisas bacanas dessa época do ano, mas só consigo focar em mãos e pés doendo de tão gelados, vento frio cortante na cara e doenças invernais.

Abril também foi um mês de encontros interessantes. Conheci o Whisky, novo membro canino da família; nos reunimos na casa da vó para comer bacalhoada na sexta-feira santa como de costume; conheci, finalmente, o namorado da Lari em um raro e especial encontro da Cúpula do Mal; e meus tios vieram conhecer São Carlos depois do feriado.

Aqui no blog, não postei muito, embora tenha tido muitas ideias e rascunhado uma porção de textos mentalmente. Só consegui postar o 52 semanas uma única vez e não escrevi os posts das blogagens coletivas do Rotaroots para o mês. Escrevi um pouco sobre minha sina de semanas santas improdutivas e listei 5 objetos mágicos de Harry Potter pelos quais eu, certamente, daria um rim. Em compensação, consegui escrever uma matéria para a 21 sobre dois aplicativos que tenho usado e que me ajudaram a dormir melhor.

Anúncios

2 comentários sobre “Resumão: mas já?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s