12 dicas para iniciantes de uma blogueira há 12 anos

Um dos memes deste mês do Rotaroots nos convida a dar 7 dicas para blogueiros iniciantes, ou algo assim. Me senti intimada a escrever por duas razões: 1) faz tempo que não participo das blogagens coletivas, memes e posts especiais do Rotaroots; e 2) completei 12 anos de blogosfera, então não é possível que eu não tenha nada para compartilhar com vocês.

Antes de partir para as dicas, entretanto, devo dizer que estou tendo uma relação curiosa com este número. Doze. É estranho pensar que já tem 12 anos que blogo. É estranho pensar que criei meu primeiro blog da Dani (o único com este nome, inclusive) exatamente com 12 anos. E é estranho pensar que passei exatamente metade da minha vida blogando.

De qualquer forma, isso não é tão relevante no momento. A questão é que subverti um pouco do meme e adicionei cinco dicas por conta própria porque achei que o número 12 caberia bem nesse post.

Notem que as dicas que estou dando aqui são para blogueiros que, assim como eu, pretendem ter ou têm um blog pes-so-al (lifestyle MY ASS!), um hobby, um espacinho para compartilhar um pouco de si e dialogar com as pessoas. Se você quer fazer do seu blog um negócio, quer ganhar dinheiro, quer ser a próxima Lia Camargo, sinto muito, mas esse post não é para você. (Mas, gente, dá um Google que tem muito conteúdo sobre blogs profissionais por aí.)

1. Dialogue com o leitor

Se for para escrever somente para si mesmo, será que não seria melhor manter um diário? É claro que nada impede que você crie um blog somente para si, tranque os comentários ou mesmo os posts, mas sinto que esse não é o propósito da coisa. O mais bacana da blogosfera é essa interação entre as pessoas, essa troca de opiniões, informações e conteúdo de todo o tipo. Se você não interage com seu leitor, está perdendo essa parte essencial de se ter um blog e, ainda, está perdendo público e engajamento. Se você quer que leiam o que você escreve, que consumam o conteúdo que você cria e que interajam com o blog – curtam, compartilhem, comentem – você deve interagir também.

2. Comente em outros blogs

Acredito que esse tenha sido o coração da blogosfera roots. Era assim que fazíamos antes das redes sociais. Era assim que dávamos nosso “curtir” e divulgávamos nossos próprios blogs e suas novidades e publicações novas. Hoje existem muitas outras formas de interação, mas ainda acho que o comentário é poderoso, principalmente porque hoje ele se difere. O carinho de entrar no blog (principalmente depois do feed), abrir a caixa de comentários, bolar algo para dizer, escrever e, muitas vezes, digitar até o chato do captcha, é algo especial. Acho maravilhoso ajudar a divulgar os posts bacanas dos blogs amigos curtindo e compartilhando, mas o diálogo só é alimentado quando você conversa, dá sua opinião, conta sua história, comenta o post do outro e fortalece essa rede de, antes de mais nada, gente que é a blogosfera.

3. Tenha um blogroll

Acho muito triste essa moda entre os blogueiros, principalmente os que se profissionalizaram, de tirarem o blogroll (aquela listinha amor de blogs amigos e parceiros). Sei que tem gente que acredita que os outros são concorrentes e que divulgar seus endereços é fazer propaganda gratuita para o outro e acho isso uma grandessíssima bobagem. Ninguém lê um blog só. Ninguém vai deixar de acompanhar o seu para ler apenas outro endereço. Já tem muito blogueiro no meu feed que percebeu que parcerias entre blogs – de um mesmo nicho ou não – são, na verdade, uma grande ideia (e até um bom negócio). Os blogueiros roots já sabiam disso. Junto aos comentários, trocar links era fundamental para a dinâmica da blogosfera e seria realmente triste se isso se perdesse.

4. Referencie o outro

Ao longo de um texto ou vídeo, é possível que você se lembre de posts de outros blogueiros que tenham a ver com aquele conteúdo e que possam complementa-lo. Não se furte a linka-los e compartilhar, assim, ainda mais informações com seu leitor, enriquecendo seu post e, novamente, fortalecendo a integração entre blogs.

5. Referencie a si mesmo

Da mesma forma, é possível que ao longo de um post seu, você se recorde de outros mais antigos que possam complementar o conteúdo do texto/vídeo novo. Novamente, não se furte a linka-los porque nem todo mundo conhece seu blog desde sempre ou leu todos os posts ou se lembra de todos eles. Além disso, essa é uma forma de manter o visitante mais tempo no seu blog, tendo mais chances de cativa-lo e ganhar um novo leitor.

6. Nunca use conteúdo do outro sem dar os créditos

PELAMORDADEUSA, não seja essa pessoa. Não vou nem gastar caracteres explicando o porquê.Sei que acontece de encontrarmos algo legal e não sabermos quem criou, então minha dica 6.1 seria pesquise a fonte de todo conteúdo que não seja seu e você deseja reproduzir. Se o Google não ajudar, ao menos, deixe claro no seu post que aquela imagem (ou texto, vídeo, etc) não é sua e peça para o leitor que souber de quem é, lhe avisar. Quando descobrir, basta atualizar o post com os devidos créditos.

7. Não perca ideias: registre-as

Essa dica também é para mim mesma. É aquele negócio de falar alto pra gente mesmo escutar, sabe? Pois bem, sempre perdi muitos posts porque eles me surgiram, muitas vezes praticamente prontos, em momentos em que eu não podia simplesmente escrevê-los (ou grava-los). Não dá para confiar na memória, gente, ao menos que você seja, sei lá, o Sheldon Cooper. Então, registre suas ideias para poder desenvolve-las depois. 

8. Revise seus textos. Duas vezes.

É normal deixarmos passar erros de digitação, formatação e mesmo gramática e ortografia. Portanto, revise seu texto ao menos duas vezes e, de preferência, em momentos diferentes. Se houver uma terceira pessoa que possa revisar para você, ainda melhor.

9.  Facilite a vida do leitor

Analise seu layout. É fácil para o leitor encontrar tudo o que quer? A disposição das coisas no seu blog são intuitivas? Após ler um post, é prático para o leitor comentar e compartilhar aquele conteúdo? Lembre-se que, assim como você, todo mundo é um pouco preguiçoso e tem pouco tempo nessa vida, portanto, facilite. Botões de compartilhamento no final dos posts, link para comentários visível e caixa para busca facilmente encontrável são apenas algumas das coisas para as quais você deveria se atentar.

10. Respeite o leitor

Não minta, não engane, não sacaneie. Em suma: não seja um filho da puta. Seja transparente com aquela pessoa bacana que dedica parte do seu tempo ao teu blog. Se um post é patrocinado, deixe claro. Se você ganhou o produto da empresa para testar e resenhar, deixe claro. Se você não gostou de um produto que recebeu, diga a verdade. Ética é o mínimo, né, mores? (Dar os créditos aos outros por conteúdos e ideias também entra aqui.)

11. Se coloque nos posts

Não importa se eles são textos, vídeos ou fotos. Aqui nem importa se seu blog é pessoal ou não. Não importa a mídia, não importa o assunto, o importante é se inserir nos posts. Dê sua opinião, conte sua experiência, faça do seu jeito, dê o seu toque. Blog não é revista, nem jornal, nem portal de Internet. Coloque um pouco de si em cada post, afinal, esse é o seu espaço (mesmo que você o divida com outras pessoas).

12. Não se cobre tanto

Se seu blog não é seu ganha-pão, não há razão para se preocupar muito. Blogue com leveza, faça disso realmente uma diversão, um hobby e/ou uma válvula de escape. Não se pressione para postar quando não estiver a fim. Arrisque quando tiver uma ideia nova. Faça as coisas do seu jeitinho. Considere o leitor, sim, mas deixe sempre claro para si mesmo que um blog pessoal é, sobretudo, algo para si mesmo.


Esse post é um oferecimento do Rotaroots, grupo de blogueiros saudosistas que tentamos resgatar o melhor da blogosfera de raiz.

Crédito da foto do topo: Ashley Ella

Anúncios

3 comentários sobre “12 dicas para iniciantes de uma blogueira há 12 anos

  1. Poxa Dani, que legal! Eu não estou há tanto tempo blogando, mas estou chegando perto! Eu não lembro exatamente quando foi que criei meu primeiro blog, mas já devo estar caminhando pra uns 10 anos de blogsfera e é bastante tempo né? Haha AMEI o “lifestyle my ass” porque eu adoro blogs pessoais e acho eles infinitamente mais interessantes do que esses blogs “profissa”, não que não exista coisa interessante por aí… mas AI, acho tão legal se deparar com um texto desses de coração aberto e poder me identificar e comentar e ter toda essa magia que é ter um blog!
    Curti pra caramba e mesmo tendo demorado pra te encontrar acho uma delícia vir aqui te ler!

    Um beijo!

  2. Oie ^^
    Tenho blog há muito menos tempo que você – não são nem três anos – e minha maior dificuldade ainda é ter periodicidade de posts, organizar a vida mesmo sabe? haha. E isso me deixar super mal, porque gosto de blogar, mas não sei ser dedicada. Sem contar q sempre acho meus textos ruins ou então perco a ideias pq não as anoto como vc sugere numa das dicas. E tem blog q eu fico tímida pra comentar :p Sério, tem blogs q eu sou super fã, e é justamente por achar o/a blogueiro/a uma pessoa muito fantástica q fico acanhada de comentar nas pérolas q ele/a escreve.

  3. Dicas valiosas. Apesar de fazer parte do Rotaroots, eu nunca participei das blogagens coletivas. Preciso reparar isso. Concordo com todas as suas dicas. Jamais me desfaço do meu blogroll. Lá estão meus blogueiros favoritos e que me ensinaram muito no que diz respeito à arte de blogar. Sempre estou registrando as ideias em caderninhos e meus rascunhos do blog estão sempre repletos de textos que ainda preciso finalizar. Como sou perfeccionista demais (diria até de um modo “não-saudável”), reviso meus textos centenas de vezes hahaha!
    Adorei o post!

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s