Linkagem de Segunda #39

Vocês devem ter notado que, mesmo depois de terminada a transferência do blog para este novo endereço em março, o blog segue pouco atualizado. Nestes dois meses, foram apenas dois posts autorais por aqui em meio a uma quantidade proporcionalmente grande de linkagens.

Não sei bem o motivo, mas tenho tido um bloqueio estranho. Não é necessariamente um bloqueio criativo porque tenho muitas ideias de textos e até mesmo vídeos que quero fazer. Não me importo tanto de não estar conseguindo gravar porque os vídeos não são minha prioridade. O que tem me incomodado muito é não conseguir escrever.

Escrever, para mim, sempre foi uma necessidade. Não digo mais que é um hobby só porque não o faço profissionalmente ou porque meus textos não são tão bons quanto eu gostaria. Escrever é muito mais uma necessidade do que um passatempo. Eu preciso escrever e não o conseguir fazer é muito frustrante.

Eu ando pensando muito sobre isso, tentando entender o porquê de eu não conseguir desenvolver nenhuma das ideias que tenho, ainda que algumas pareçam vir tão prontas, com título e tudo o mais. Enquanto isso, tenho lido um pouco mais sobre essa coisa de escrever e blogar. Tenho lido mais blogs pessoais (e me frustrando porque mal consigo elaborar meus pensamentos quando tento comentar neles). Tenho pensado em criar uma newsletter para ver se a mudança de formato me motiva ou se encontro ali uma liberdade maior para escrever. Tenho pensado em ler menos, desassinar alguns feeds e algumas newsletters, me desconectar um pouco da internet e focar um pouco nas minhas revistas impressas e nos livros de papel e lombada. Tenho pensado num bocado de coisas que posso tentar ao mesmo tempo em que, às vezes, acho que isso é só uma fase e que logo eu volto a escrever com a facilidade de outrora. Ou não. Talvez eu tenha perdido o jeito para sempre?

Não sei.


A linkagem dessa semana talvez esteja um pouco confusa, pois minhas leituras andam confusas. Mas prometo que, como sempre, todos os links são muito bons e merecem o seu clique.


Para quem é gente que escreve

Vamos admitir: somos escritores, Brena O’Dwyer na Pólen

Medo das entrelinhas, Franciellen no Meu Palanque

A escrita que liberta, Marina Matos na Pólen

Para quem é gente que lê

7 conceitos sobre o mundo das histórias, Aline Valek no Cabine Literária no Medium

Todos os spoilers do mundo – e eles não fazem diferença alguma, Maurício Sellmann na Revista Salsaparrilha no Medium

[vídeo] A Realidade Não Tem Graça, Aline Valek

Você não é melhor só porque lê muitos livros, Lady Sybylla no Momentum Saga

Read Less. Learn More., Chad Hall no Todoist Blog


Apaixonada pelo sentimento, Stephanie Noelle no Chez Noelle

Penance, Lorena Piñeiro na Midnight Breakfast

Let it bleed, Isadora Attab no E agora, Isadora?


A discussão sobre a legalização do aborto no Brasil, Thaís Campolina no Ativismo de Sofá

Marcela, a mulher que a família brasileira aceita ver na política, Nana Queiroz na AzMina

O ódio que alimenta quem exalta torturadores, Thaís Campolina no Ativismo de Sofá

O absurdo já não nos impressiona, Aline Valek na Carta Capital

Anúncios

5 comentários sobre “Linkagem de Segunda #39

  1. Que emoção ver meu texto linkado aqui, obrigada querida!! <3

    as vezes acontece comigo também, essa espécie de bloqueio mesmo tendo assunto para escrever. quando é assim eu mudo a ferramenta. Mesmo quando sei que quero escrever um post, começo no papel, ou no word, como se ninguém fosse ler. Só pra deixar fluir e engatar de novo, sem aquela pressão de que todo mundo vai ler, ai meu Deus, será que essa frase tá boa? Sabe assim? ahahaha.

    Tomara que logo passe essa fase e você volte a escrever mais de novo.

    Beijo beijo!

  2. Olá, fiquei super feliz de ver meus textos linkados aqui <3 obrigada por ter lido e compartilhado. Me senti poderosa.

    Eu tive um blogue literário há anos atrás. Ele surgiu quando eu tinha dezesseis anos e eu escrevi nele até os vinte. Eu abandonei esse blogue porque eu simplesmente não conseguia mais escrever. Foi um momento muito estranho, porque desde que eu me entendo como gente, eu escrevo e eu me sentia sem chão. Eu precisava sair da minha zona de conforto escrita e literária para conseguir quebrar essa travada que tive. Sugiro tentar fazer isso. Mude os autores que você lê, o estilo, tenta escrever umas coisas diferentes, sabe? Acho que fazendo isso logo logo o mojo volta.

    Ah, e sabe essas várias ideias que você não tem conseguido desenvolver? Anote-as! O momento pode não ser propício para elas, mas depois pode ser, viu?

    Beijos!

  3. Muito obrigada por linkar o bloguinho! <3

    Eu ando numa ressaca literária lascada, não nas leituras, mas na escrita mesmo. Estou com muita coisa começada, parada e que tem como continuar, se eu ao menos sentar e escrever. Mas eu preciso de paz, preciso que minha cabeça funcione, coisa que ela não tem feito ultimamente. Estou cansada o tempo todo, preocupada com minha situação em casa e no emprego e simplesmente não consigo me concentrar. Espero que seu bloqueio passe. E o meu também!

    BEJAS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s