Project 10 Pan: o Início

Desde que voltei a morar em tempo integral numa única casa no começo deste ano, destralhar se tornou especialmente importante. Isso porque morar em dois lugares ao mesmo tempo significava ter que possuir muitas coisas em dobro para evitar o leva e traz na mala sempre que eu me deslocava entre as duas cidades.

Com três mudanças em menos de 8 meses (voltei a morar integralmente em São Joaquim para, três semanas depois, voltar a morar em São Carlos num novo apartamento e, seis meses depois, vir para São Joaquim novamente) e estando bastante ocupada com a reta final da minha graduação, muito mais tralha do que o usual se acumulou pela casa joaquinense.

A esta altura, já consegui me livrar de grande parte das coisas que não preciso, mas ainda tinha dois hot spots importantes: os cosméticos e as maquiagens.

Inicialmente, tratei de administrar o excesso de produtos de beleza e higiene já abertos, colocando para uso imediato aqueles que estivessem mais próximos do vencimento ou do fim e deixando os substitutos devidamente separados desde que suas datas de validade fossem distantes o suficiente para que eu os pudesse usar depois que os outros acabassem. Neste processo, acabei dando alguns produtos tais como shampoo, sabonetes líquidos e hidratantes para a minha mãe.

Hoje, meus cosméticos estão razoavelmente sob controle, o que, pra mim, significa que tenho um produto de cada categoria e, no máximo, alguns poucos extras de coisas que uso frequentemente. Entretanto, não sei se acontece com vocês também, mas os hidratantes para o corpo parecem se multiplicar.

No meu aniversário, em dezembro, pouco antes da última mudança, ganhei 4 hidratantes novos que, junto aos que eu já tinha em casa e aos que eu trouxe na mudança, formaram um pequeno estoque de 11 hidratantes só para o corpo (ignorando aqui os que chamo de hidratantes-power e os cremes para áreas específicas, como os faciais e para as mãos). É muito creme para pouca pele, migos, e mesmo que eu tenha feito uma boa limpa naquele momento, fui checar agora e encontrei nada menos do que 8 hidratantes.

Com relação à maquiagem, o declutter é sempre uma coisa meio dolorosa porque não dá para doar a maioria dos tipos de produtos e o lixo sempre parece um destino radical demais para aquilo que ainda não está vencido (e, às vezes, até mesmo para aquela maquiagem querida que já passou da validade, mas ainda funciona e cheira bem).

Nos últimos meses, fui me livrando aos poucos do excesso de maquiagem, começando pelos produtos vencidos que deveriam mesmo ir para o lixo e por aqueles que estavam novinhos e mereciam ter novas donas. Neste processo, me sobraram muitos produtos razoavelmente antigos, perigosamente próximos das suas datas de validade e que, no geral, não gosto o suficiente para usar com frequência. Isto é, produtos que provavelmente seriam desperdiçados indo para o lixo daqui a alguns meses caso eu não fizesse nada a respeito.

Foi daí que o Project 10 Pan reapareceu no momento certo.

A primeira vez que ouvi sobre o projeto foi em algum canal de maquiagem no YouTube em meados de 2009. Se não me falha a memória, a ideia é da beauty guru (alguém ainda fala isso?) lollipop26, que não mantém mais seu canal. Ele ressuscitou na minha vida internética graças à Camile que postou a respeito no seu blog e que me inspirou a fazer o mesmo.

Como funciona

A ideia do Project 10 Pan é muito simples: ele consiste em se escolher 10 produtos (ou categorias de produtos) (que podem ser maquiagem ou não) e se comprometer a usá-los até o fim antes de se adquirir novos produtos do mesmo tipo.

O projeto é uma ótima ideia para quem quer rever seus hábitos de consumo, se livrar de produtos antigos e repetidos, abrir espaço para coisas novas ou qualquer coisa do gênero. Além disso, ele pode ser adaptado de acordo com as suas necessidades, transladado para outras áreas (um Project 10 Pan de livros talvez?) e ter o número de itens/categorias alterado, claro.

Produtos escolhidos

10PAN-PRODUTOS

Bem, antes que este post introdutório fique ainda mais gigantesco, cá estão meus produtos e categorias escolhidos:

1. Hidratante

Depois daquele papo todo lá na introdução, é claro que deveria ter pelo menos um hidratante aqui. Optei por este porque é o que tenho há mais tempo e está mais próximo da data de validade (8/16) (e também do fim). Eu o ganhei de aniversário em 2014 num kit com body splash e sabonete líquido da mesma linha, que já acabaram há meses.

2. Hidratante power

Hidratante-power, pra mim, é esta categoria especial de hidratantes corporais que têm a textura mais grossa e poderosa, podendo até ser meio melequento e desconfortável de usar, como o famoso Nivea Creme de latinha (meu escolhido porque também está próximo da validade (8/16) e já tenho um substituto para ele).

Estes hidratantes são, inclusive, um dos principais motivos pelos quais meus hidratantes corporais normais sobram e se acumulam. Acontece que, no inverno/tempo seco, os hidratantes comuns raramente fazem grande diferença na minha pele e eu acabo sempre optando por usar um power mesmo e resolver o problema com menos “passação de creme”. No verão/tempo chuvoso, os hidratantes comuns são mais do que o suficiente, mas daí é a preguiça que é real.

3. Base

Base é provavelmente um dos produtos de maquiagem que eu menos uso pois preguiça eterna. Isso significa que ter mais de duas bases (uma de cobertura baixa e outra de cobertura alta) simultaneamente é um exagero para mim. Por isso, eu já sabia que queria ter um produto desta categoria no projeto e optei pela que tenho há mais tempo e que está mais próxima de acabar. Essa base da Maybelline tem uma textura deliciosa no rosto, mas acho esfarelenta e difícil de aplicar e acabo sempre usando apenas pontualmente, como um corretivo.

4. Corretivo

Corretivo, por outro lado, é um produto que eu uso com bastante frequência, sempre que eu me maquio. O problema é que eu realmente não gosto nada deste corretivo da NYX que comprei porque alguma beauty guru disse que era ótimo e tinha algum cupom de desconto de alguma dessas moças que vendem maquiagem importada na internet. Isso quer dizer, basicamente, que este corretivo é bem velho e precisa ser usado logo pois, ainda que não tenha a indicação da validade da embalagem (estes gringos tsc tsc…), já está pra morrer. Talvez eu não consiga usar até o fim (o potinho é imenso, a cobertura é muito pesada e eu devo ter usado só metade até hoje), mas se eu puder jogar menos produto fora, vou me sentir melhor.

5. Blush

Eu sou dessas que não vê muita necessidade em ter várias tonalidades de blush, então acho um despropósito ter 6 produtos desta categoria e precisava me livrar de um deles. Optei por este porque, além de ser meu mais antigo e ter um cheiro horroroso (desculpa, Vult), é em creme e eu tenho uma dificuldade ridícula em usar blush assim. Além disso, ganhei um blush em creme novo esses dias cuja cor combina mais a da minha pele.

6. Pó compacto

Ainda que eu use pó quase toda vez que me maquio (pele oleosa, etc.), acho desnecessário ter mais de um produto do gênero simultaneamente porque, em ocasiões diferentes, eu simplesmente aplico em quantidades e lugares diferentes e está tudo certo. No momento, tenho 2 pós justamente porque cada um deles ficava no kit de maquiagem de uma das casas. Este pó da Maybelline, que tenho há tempo, acabou ficando em São Joaquim e sendo muito pouco utilizado nos meus últimos meses de migrante pendular, uma vez que passei muito mais tempo em São Carlos do que aqui.

7. Máscaras

Primeiramente, posso chamar de rímel?

Decidi que precisava colocar rímeis (sim, no plural) no projeto porque, quando comecei a pensar a respeito, eu tinha exatos seis tubinhos diferentes abertos simultaneamente. Inicialmente, escolhi três delas para fazer parte, mas consegui acabar com a que eu menos gostava, uma tal de Super Drama da Avon antes mesmo de começar o projeto de vez. Assim, foram escolhidas as que tenho há mais tempo, da Maybelline. (Fica aqui registrado meu amor real pela The Colossal e olhinhos revirando de preguiça da The Falsies.)

8. Batom vermelho

Por muitos anos, cheguei a não ter um único batom vermelho (ou mesmo escuro) em um mar de batons rosinhas e nudes. Daí a Rê criou o Red Lips Day e eu me senti inspirada a comprar oficialmente meu primeiro batom vermelho que, bem, é o escolhido do projeto. Este é um dos meus batons mais antigos e acabou sendo preterido conforme eu encontrava tons de vermelho (e vinho!) que eu gostava mais.

9. Batom nude

Como eu disse, foram muitos anos de batons clarinhos e a obsessão permanece. Este batom da Risqué é um dos meus favoritos, mas também é o meu mais antigo e já está, inclusive, vencido. Entretanto, não houve mudanças na textura, na cor, nem no cheiro, então sigo usando enquanto der (desculpa).

10. Gloss

Este é provavelmente o único produto desta lista que eu acredito que não comprarei nenhum para substituir depois que acabar, mas ainda assim coloquei no projeto porque quero que acabe logo para que eu possa jogar este tubinho vazio no lixo.


Pretendo aparecer por aqui com algumas atualizações sobre o projeto e, se tudo correr bem, com um post final quando todos estes produtos estiverem devidamente acabados. Se você quiser participar da brincadeira também, ou já fizer algo parecido, me conta aqui nos comentários para a gente trocar uma ideia?

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Anúncios

7 comentários sobre “Project 10 Pan: o Início

  1. Eu sempre fui muito de hidratantes, mas aí duas coisas aconteceram: 1) eu usei óleo de amêndoas uma vez no inverno e fiquei apaixonada 2) eu comprei um hidratante marca-desconhecida na ikesaki e fiquei apaixonada. Agora tenho 3 coisas: um hidratante mais grosso pro corpo, esse desconhecido pro rosto/verão (comprei em janeiro e tá tipo na metade ainda) e o óleo pro cabelo ou pra crises de pele seca. E agora é basicamente isso.

    • (apertei enter antes de terminar) não uso maquiagem, mas sou a louca das coisas de cabelo (até porque tenho muito cabelo) e ficava em várias indecisões sobre isso. aí, na minha transição pra cruelty free, acabei comprando coisas que eu gostava mais. e como tenho muito cabelo, não lavo toda hora. elas duram e tenho que em controlar pra não comprar mais shampoos e ficar acumulando meses. o que eu acumulo um pouco é perfume, porque demoro pra acabar. tem um aí que é meu sonho de consumo, mas prometi a mim mesma que só vou comprar quando acabar todos os quatro que tenho.

      • Miga, seu comentário me lembrou dos perfumes e já mudou meu projetinho! Hahaha. Hoje sai uma atualização em que eu conto que inseri duas colônias no projeto para substituir um produto que eu já consegui acabar (o Nivea Creme). Obrigada por me lembrar dos perfumes, porque essa é uma categoria especialmente complicada pra mim porque, assim como os hidratantes, sempre ganho novos. Diferente dos hidratantes, porém, não tenho preguiça de perfume. O que eu costumo ter é o hábito de me apegar numa fragrância específica e ignorar as outras, sabe?
        Produtos de cabelo viraram uma questão pra mim agora porque eu decidi manter uma rotina low poo, pra testar e ver se funciona pra mim. Por enquanto, eu tenho gostado muito de como meu cabelo anda, mas tem sido MUITO CHATO comprar produtos porque agora tô morando numa cidade pequena em que quase não tem opção de nada, então achar shampoo sem sulfato pra vender é uma busca cansativa e frustrante. Não dá pra acumular produto porque eu mal tenho conseguido comprar o básico, haha.

  2. […] Comecei um novo desafiozinho pessoal, o Project 10 Pan, e decidi dividir com vocês um pouco do processo, a começar por um post introdutório em que explico direitinho do que se trata e a motivação toda. A intenção é que estes posts abram espaço para mais textos sobre minimalismo, consumo consciente e outros assuntos semelhantes aqui no blog, então o feedback de vocês, como sempre, é muito bem vindo. Para ler o post, é só clicar aqui. […]

  3. Essa ideia é tão boa, eu sou a loca dos batons, tenho muitos mesmo e a maioria vermelho hahaha Vou fazer esse projeto, não ara o blog, mas como meta para mim. <3

    Eu também uso batom quando esta vencido, na verdade, não sei se ele esta mais tem alguns que tem mais de dois anos, então deduzo que estão hahha

    Beijos, Caroline
    ameamai.blogspot.com

  4. […] Bom, agora, sim, podemos partir para o post de hoje, que não é nenhum big deal, mas é algo que eu queria fazer, mais para fins de registro mesmo. Já faz mais de dois meses que eu comecei o Project 10 Pan e esses dias fez exatos dois meses do primeiro update que publiquei aqui, então senti que já tinha passado da hora de fazer mais uma atualização, registrando como está o andamento da coisa toda. Para quem não sabe do que se trata, este projeto é coisa antiga das interwebs, criado por uma “guru de beleza” lá nos primórdios do YouTube. A ideia é escolher 10 produtos de maquiagem que você quer muito acabar por qualquer razão (está próximo da validade, por exemplo) e focar no consumo deles, se “proibindo” de comprar qualquer produto semelhante ou da mesma categoria enquanto aquele não acabar. Eu explico melhor no post inicial sobre o projeto, que vocês podem ler aqui. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s